Categoria Notícias

pormarketing

IMS Action Pro: Leveza é a principal qualidade do novo capacete da marca

capacetes-ims-action-pro

O mais novo integrante da linha IMS 2017 são os capacetes Action Pro, que recebem esse nome justamente porque têm tecnologia para atender pilotos profissionais. Porém, com uma grande vantagem, seu preço sugerido, que gira em torno de R$ 479,00. Sem dúvida, um custo surpreendente para um capacete dessa categoria.

pilotos-motocross-honda

Pilotos IMS / Honda já usam os capacetes Action Pro nas provas de motocross: Roman Jelen, Caio Lopes, Venício Voigt, Gustavo Pessoa e João Ribeiro

Produzido com uma liga especial de ABS, os capacetes estão bem mais leve se comparados com os modelos anteriores da marca. Testes mostraram que eles são resistentes, mesmo sendo mais leves e por isso são usados por pilotos oficiais Honda e IMS em provas de motocross, enduro e rally, no Brasil e no exterior.

tunico

Tunico Maciel: Piloto Honda disputou o Rally dos Sertões com o seu IMS Action Pro

capacete-ims-action-pro-2017-vermelho-03
Eles apresentam grafismos mais radicais e tem acabamento em alto brilho.


forro-01
Os forros são bem confortáveis e removíveis para facilitar a limpeza.


cinta
Para maior segurança, os capacetes usam cintas com fechamento profissional.


entradas-ar
A ventilação é excelente. São várias entradas e saídas de ar para manter uma temperatura agradável.


Os capacetes IMS Action Pro já estão disponíveis nas melhores lojas do Brasil nas cores: vermelho, cinza, azul, neon com azul e neon com cinza.

Clique no link abaixo e encontre a loja mais próxima de você:
http://imsracing.com.br/offroad/index.php/onde-encontrar/

pormarketing

Rally dos Sertões 2016 termina com piloto Honda IMS campeão

Os pilotos oficiais Honda, patrocinados pela IMS, participaram do maior rally do Brasil e deram orgulho ao país, ganhando várias etapas e saindo com o título principal na categoria motos.

A competição teve início em Goiânia (GO), dia 3, terminou neste sábado, em Palmas (TO) e foi uma das mais duras dos 24 anos de história da prova.

gregorio-honda-ims

Gregório Caselani é campeão do Rally dos Sertões 2016

Gregório Caselani, completou os 3.212 quilômetros em 29h27min47 e assegurou o título inédito.  A Honda finalizou a disputa com quatro pilotos entre os 10 primeiros. Gregário foi campeão e Eduardo Shiga foi terceiro na categoria motos.

Na sétima e última etapa da competição, entre Ponte Alta (TO) e Palmas (TO), com 243 quilômetros, sendo 191,54 quilômetros de trecho cronometrado, Gregório chegou na terceira colocação. Jean Azevedo (Honda) foi o primeiro e Ramon Sacilotti o segundo. Tunico Maciel, também da Honda, chegou em quarto.

jean-honda-ims

Jean Azevedo chegou a ganhar etapas no Sertões 2016

“O Rally dos Sertões é sensacional e leva todos ao seu limite. Larguei este ano com o objetivo da sétima conquista, infelizmente tive um problema na terceira etapa e fiquei fora da disputa, mas estou feliz pela equipe Honda, que continua com o título. O Gregório foi merecedor, trabalhou muito para isso, fez uma excelente temporada. Está de parabéns toda a equipe. A união é que faz o resultado, um piloto sozinho nunca faz nada. Sempre reforcei isso nas minhas vitórias e não é diferente agora. O Gregório foi campeão porque tem o respaldo de uma grande equipe, que é a Honda”, afirmou Jean Azevedo, que foi primeiro colocado em quatro das sete etapas, mas ficou fora da briga por um problema mecânico. Ele terminou em 17º lugar.

tunico

Tunico Maciel com botas, calça, camisa e o novo capacete IMS Action Pró

Tunico Maciel também destacou a união do grupo. “Foi um Rally dos Sertões muito duro, com muito aprendizado. Cheguei aqui com certo favoritismo, mas cai no segundo dia. Estou mais contente ainda por poder ajudar a minha equipe no que foi preciso para a vitória do Gregorio. Vou trabalhar ainda mais para o ano que vem”, afirmou o piloto mineiro, 10º na classificação geral.

carreta-honda-ims

A IMS enviou sua carreta para dar apoio total aos pilotos Honda durante todo o Rally dos Sertões

CRF 230
Julio ‘Bissinho’ Zavatti, da Motofield, que disputou o Rally dos Sertões com uma moto Honda CRF 230F, ficou com a sexta colocação no geral, desempenho ainda mais espetacular que no ano anterior, quando foi o nono. Cristiano Teixeira (Motofield), que teve a perna esquerda amputada após acidente de trabalho e corre com uma moto adaptada, ficou em 19º na geral e terceiro na categoria.

*Fotos e dados: Vipcomm – Assessoria Honda Racing Brasil.