Autor marketing

pormarketing

IMS lança jaqueta com proteção para motociclistas de rua

As Jaquetas IMS Street já estão nas lojas e se apresentam como uma ótima opção para quem procura qualidade com preço justo.

Produzida em material mais resistente que as concorrentes da mesma faixa de preço, as Jaquetas IMS é também resistente à água. Para que isso seja possível, elas tem zíper vedado e calha de chuva no fechamento, além de tecido com tratamento que repele água. Elas ainda contam com proteções nos ombros, cotovelos e costas. As Jaquetas IMS Street têm acabamento e caimento perfeitos e já vem com selo de CE, da União Européia, garantem o alto nível de qualidade do produto.

Veja as características das Jaquetas IMS Street:
• Certificação de proteção da União Européia: CE EN 1621-1:2012 e EN 1621-1:2014
• Sistema de ventilação: Ventech Cooling System – Duas entradas de ar frontais e uma saída de ar traseira
• Super confortável
• Produzida com materiais resistentes de alta qualidade
• Resistente à água
• Zíperes com vedação
• Calha de chuva no fechamento
• Forro removível
• Proteção nos ombros
• Proteção nos cotovelos
• Proteção nas costas
• Painéis elásticos nos cotovelos
• Faixas reflexivas para melhor sinalização
• Ajustes na cintura e punhos
• Alças para conexão com a calça

Veja em detalhes as certificações:
https://ce-marking.help/directive/personal-protective-equipment/standard/2684/en-1621-12012
https://ce-marking.help/directive/personal-protective-equipment/standard/2685/en-1621-22014 

A IMS pensou em público de todos os tamanhos e as Jaquetas IMS Street podem ser encontradas nos tamanhos P, M, G, 2G, 3G, 4G, 5G e 6G. 




pormarketing

Cristiano Lopes e Wellington Valadares vencem 2ª etapa da Copa São Paulo de Motocross


O fim de semana foi de celebração para a equipe KTM Sacramento IMS Racing. O time laranja foi destaque na segunda etapa da Copa São Paulo de Motocross, em Itupeva, com os pilotos Cristiano Lopes e Wellington Valadares conquistando as vitórias nas classes MX4 e MX5, respectivamente. Ambos dominaram as baterias de suas categorias na corrida realizada na famosa pista Kalango Cego.


Especialmente para Cristiano foi preciso superação para alcançar o topo do pódio. Após cerca de dois meses longe das pistas devido a uma lesão no tornozelo direito, o multicampeão nacional voltou a competir mesmo estando distante do condicionamento físico ideal. “Ainda tenho pela frente pelo menos um mês e meio para recuperação da musculatura”, explicou o piloto que passou por uma fratura na fíbula. “Estou feliz por correr em Itupeva, uma prova perto de casa, em um local onde a gente costuma treinar. Hoje a Copa São Paulo é um dos campeonatos mais fortes do estado, é uma grande festa do motocross e uma boa preparação para o Brasileiro. É importante destacar, a pista foi toda remodelada e agrega mais aos pilotos iniciantes e também aos profissionais“, destacou Cristiano.


A prova da MX5 marcou o retorno de Wellington aos campeonatos regionais. “Estava há muitos anos sem disputar uma prova regional. Gostei bastante do evento e da programação ágil, pois não foi preciso esperar horas para correr“, comentou o veterano que venceu a corrida com ampla vantagem e marcou a melhor volta da bateria.

A equipe KTM Sacramento IMS Racing já tem compromisso neste fim de semana, dias 22 e 23, na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2019, em Fama (MG). Wellington Valadares já está confirmado na competição onde luta pela liderança da classe MX5, enquanto Cristiano Lopes avalia o condicionamento físico com o time durante a semana para decidir se participa da categoria MX4.